Confira os cases premiados do PRÊMIO IMPACT AT WORK 2017

11/03/2017

 

A Net Impact Porto Alegre promoveu no dia 23 de outubro de 2017 o PRÊMIO IMPACT AT WORK 2017, realizado na Unisinos Porto Alegre, e que integrou a Semana do Empreendedorismo da universidade.
 

Esta foi a terceira edição da premiação que acontece a cada dois anos, e tem como propósito destacar os profissionais que realizaram ações relacionadas à sustentabilidade e que causaram um impacto positivo através de iniciativas no seu ambiente de trabalho ou na comunidade. Os cases inscritos inspiram e mostram que é possível buscar alternativas que aliem bons resultados para os negócios, através de ações que transformam e impactam positivamente pessoas e o meio ambiente.
 

Em 2017, o evento teve uma proposta mais dinâmica em relação às edições passadas. Neste ano cada profissional inscrito pôde fazer uma apresentação do seu case, complementando as informações dadas no formulário.

 

1° Lugar: Joarez Miguel Venco

Case: Rede Social de Geração de Renda - Renova Lavandeira Industrial

O case vencedor dessa edição foi  do Joarez Miguel Venço com o Programa Rede Social de Geração de Renda. O programa  consiste na otimização dos processos internos da Renova Lavanderia Industrial, através do incentivo à reciclagem de uniformes inutilizados para entidades assistenciais da região metropolitana de Porto Alegre. Desde o início do Programa foram doados, até 2017, aproximadamente 40 toneladas de materiais têxteis, que se não fossem reutilizados, seriam depositados em aterros sanitários. Atualmente, a Renova responde por 25% das doações de materiais têxteis do Projeto Envolva-se do SESC/RS. As peças confeccionadas a partir deste material têxtil são vendidas em feiras e lojas nos principais shoppings de Porto Alegre gerando renda a estas pessoas, auxiliando-as na economia local e sustentando famílias inteiras.

 

2° Lugar: Sidnei Schames

Case: Festival de Cinema Acessível Kids

O Festival de Cinema Acessível Kids consiste na exibição de 5 filmes modernos de sucesso no mundo com a temática infantil e juvenil, com três tecnologias de acessibilidade: audiodescrição, janelas de LIBRAS e legendas explicativas, apresentadas de forma simultânea, proporcionando acessibilidade para crianças e jovens de todas as idades. O projeto contempla a geração dessas tecnologias de acessibilidade plena, garantindo o direito à emoção e diversão das crianças com deficiência visual, crianças com deficiência auditiva, crianças da população de baixa  renda e crianças sem deficiência na mesma sessão de cinema. O Festival de Cinema Acessível Kids promove a convivência entre as pessoas diferentes. O público com deficiência e sem deficiência, através dessa ação vivencial, é provocado a pensar os conceitos de inclusão e acessibilidade para todos de forma natural, como parte do seu dia-a-dia. Uma criança não vai ao cinema sozinha, o que torna o projeto um programa para a família toda.

 

3° Lugar: Valéria Pereira

Case: Diversidade e Inclusão Nexteer

A Proposta do Programa é trabalhar com ações de conscientização para a valorização da pessoa, independente de situação econômica, opção sexual, condição de gênero, faixa etária, etnia, credo, aspecto físico, entre outros. Foram trabalhados os seguintes temas: mulheres,  quatro gerações, PCD, diversidades étnicas e culturais, orientações sexuais de gênero.

 

O evento contou com  a palestra  do professor da PUCRS, Dr. Gustavo Inácio de Moraes e das juradas Aline Paez, Amanda Latosinski, Cláudia de Sales Stadtlober , Fernanda Pedron e Natália Pietzsch. Além disso, esta edição teve o apoio dos seguintes  patrocinadores e parceiros:
 

Unisinos

Carreira, Ciência e Você

Quinta da Estância

Ciclo Reverso

Mudha

Insecta Shoes

BM Consultoria em Responsabilidade Socioambiental

Conquista Comunicação Socioambiental

Corpo com Equilíbrio

Vidal Mercearia e Café

INSPE - Instituto Soleil de Pesquisa

Banana Verde - Produtos Ecológicos

Ginkgo 788

Meu Copo Eco

Please reload